Terça-feira 21 de Maio, 2019
AREA AM

A AREA Alto Minho - Agência Regional de Energia e Ambiente do Alto Minho resulta da revisão estatutária da AREALIMA – Agência Regional de Energia e Ambiente do Vale do Lima, datada de 20 de Novembro de 2009.

A AREA Alto Minho beneficiou assim da experiência da sua predecessora que, ao longo dos seus dez anos de existência, concentrou a sua atividade no desenvolvimento de projetos/atividades nas áreas das fontes de energia renováveis, da utilização racional de energia, da proteção e promoção do meio ambiente e da formação e sensibilização energético-ambiental.

Importa referir que a AREALIMA foi constituída enquanto associação sem fins lucrativos em 22 de Dezembro de 1998, fruto de uma iniciativa da VALIMA - Associação de Municípios do Vale do Lima ao abrigo do Programa SAVE II da Comunidade Europeia.

A AREA Alto Minho pretende posicionar-se nas áreas:

  • do Conhecimento, através da compilação e disponibilização de informação técnica, normativa e legislação, da constante actualização ao nível das BAT – Melhores Tecnologias Disponíveis e através do desenvolvimentos de trabalhos de investigação em conjunto com instituições de ensino superiores;

  • do Apoio técnico, definindo e implementando o "Plano de Acção para a Promoção da Energia Sustentável do Alto Minho", (operacionalizando o "Pacto dos Autarcas"), realização de avaliações de eficiência energética, colaborando com os municípios na análise e fiscalização de novos projectos, preparando e fazendo o acompanhamento de candidaturas para projectos de co-financiamento e colaborando na definição de normas de desempenho energético e de imposições para a instalação de energias renováveis;

  • da Formação / Sensibilização, elaborando e implementando o Plano de Formação para os actores-chave, organizando acções de Sensibilização (sessões e eventos, nomeadamente, seminários) e promovendo o Prémio "Excelência energético-ambiental";

  • da Coordenação, na implementação de uma estratégia concertada de actuação no domínio da energia, criando um espaço de reflexão em torno de questões relacionadas com energia e com ambiente, fomentando o estabelecimento de redes/parcerias com diversos agentes locais / regionais de forma a favorecer economias de escala e articulando as actividades com as suas congéneres regionais potenciando uma coordenação de base técnica e tirando o melhor partido das sinergias entre as diversas experiências.



© 2019 - Todos os direitos reservados.